Leito Hospitalar

Em 2018, desenhamos um leito hospitalar standard de alto padrão, pois notamos que, a maioria dos apartamentos dos hospitais privados, ainda estava muito longe de onde a rede hotelaria chegou nos desenhos de suas suítes. Grande parte das instituições prima por camuflar o aparato médico-hospitalar e ostentar o alto padrão com grandes dimensões e artifícios superficiais, como painéis de madeira.

Nosso estudo não inventa nada, apenas propõe maior preocupação e dedicação no desenho do todo, integrando tecnologia com design de mobiliário, explorando melhor o lighting design e setorizando o espaço em: hall, sanitário e quarto. A área do leito também foi separada em enfermagem, paciente e acompanhante, garantindo conforto, segurança e privacidade. Utilizamos um padrão de cores mais urbano e contemporâneo, de tons quentes, com materiais agradáveis ao toque e fáceis de limpar, como piso vinílico ou emborrachado, vidro, superfície sólida mineral, laminado melamínico, entre outros.

Alguns detalhes fazem muita diferença: quadro de avisos em vidro embutindo a televisão, tablet de integração entre televisão, automação, comunicação e atendimento digital, além da ergonomia que foi estudada ao extremo, até para localizar o frigobar. São pontos de atenção tanto para o paciente, como para o acompanhante, já que ambos são clientes.

O estudo foi conceitual, pois a complexidade do tema é vasta, basta pensar na diversidade de classificações dos leitos hospitalares. São exemplos os leitos de internação, complementar de internação, de hospital-dia e de observação. Sendo que os Leitos de Internação Hospitalar podem ser subclassificados como: Clínico, Cirúrgico, Obstétrico e Pediátrico. Não esquecendo dos leitos complementares de internação que podem ser: de Isolamento, de Isolamento Reverso, de Cuidados Intensivos (UTI) e de Cuidados Intermediários (UCI).

cliente: Projeto interno da ACR Arquitetura

projeto: Leito Hospitalar - conceituação

local: São Paulo

ano: 2018