SYNLAB Conceito Arquitetônico

SYNLAB, importante multinacional espanhola, tem negócios B2B, no Brasil, e B2C, no Peru e Colômbia. Como o mercado de saúde, em nosso país, está muito mais avançado, do que no resto da América Latina, fomos contratados para criar um conceito arquitetônico para unidades de coleta de análises clínicas a serem implantadas no Peru e Colômbia pela SYNLAB.

Depois de pesquisa e visita aos países, conhecendo os negócios do cliente e seus players, desenvolvemos este estudo, apresentado aqui em forma de maquetes eletrônicas, cujo produto final incluiu a seleção de todo mobiliário e revestimentos, além de proposta de atendimento, através de layout integrado.

.

cliente: SYNLAB Brasil

projeto: conceituação arquitetônica

local: Peru e Colômbia

ano: 2019

 

Identidade
A marca já tinha um guide book, identidade e paleta de cores.

O perfil do usuário

Synlab definiu seu público como latino-americano, entre 30 e 45 anos de idade, com filhos, preocupado com a saúde (e sua gestão), e com questões contemporâneas, como qualidade de vida e preservação de recursos naturais. Alguém que deseja um atendimento acima da média, um público com fácil acesso à tecnologia, com uma visão global da vida e do mundo, que procura soluções descomplicadas e ágeis.

Projeto

 

Premissas e estratégias do novo conceito

Ao pensar no novo conceito arquitetônico da marca, definimos as seguintes premissas. O projeto deveria ser modular; global e bilingue; sustentável; sem qualquer semelhança com um hospital; de fácil identificação como laboratório; ser leve e transparente; ser acolhedor e inovador.
Além disso, a marca atual e seus players já tinham um status de excelência e racionalidade. A distinção seria possível se conseguíssemos ser também um pouco mais emotivos e afetuosos.

Projeto Projeto

 

 

 

O layout e projeto modelo

Desenhamos um layout modelo para ilustrar a jornada do cliente e entender sua experiência. Através de maquetes eletrônicas em 3D materializamos o projeto.

Projeto Projeto

 

 

A paleta de cores e acabamentos

Definimos o padrão madeira para móveis e piso, as cores de pintura – branco, laranja, azul para o corner kids e preto / grafite para detalhes.

Projeto Projeto

 

Fachada

Criamos grandes vitrines transparentes para a rua, em contraposição ao tijolo, como elemento forte e característico de Bogotá, inserimos bicicletários, jardins, espaço para crianças, em um ambiente claro, leve e coletivo.

Projeto

 

Os counters, como mesas individuais, são muito melhor vistas do que os balcões alinhados.

Projeto

 

O ambiente fluído de entrada, café, cadastramento e espera tornam o espaço mais amplo e leve.

Projeto Projeto Projeto

 

Crianças

Pensando no atendimento infantil, criamos nichos acolchoados na parede, para escalada e abrigo, na escala da criança. Um espaço lúdico, ao invés de canto com brinquedos.

Projeto Projeto

 

Ambientes de exames

As salas de coleta de amostras, desenhadas como cabines individuais, e na vibração da cor laranja, ao mesmo tempo, acolhem e surpreendem.

Projeto Projeto

 

Consultório médico – usamos maca de madeira para remeter à saúde e não à doença, a um spa e não a um hospital, com a mesma paleta de cores. O canto da anamnese não tem mesa, aproximando médico e paciente.

Projeto Projeto

 

 

Móveis e ambientação

Por fim, listamos os móveis e itens mais importantes para fechar o conceito.

Projeto Projeto

 

 

Comunicação visual

Demonstramos como aplicar o logotipo em fachadas e sua proporção, além de definir a tipologia para a comunicação visual interna, nas paredes, portas ou mesas.

Projeto